skip to Main Content

Por que as mulheres estão usando o secador de cabelo nas partes íntimas?

Por mais que possa parecer estranho, muitas mulheres estão utilizando o secador de cabelo em sua genitália para evitar infecções íntimas como a candidíase.

Logo abaixo, você vai saber o porquê essa prática é muito segura e recomendada por muitos ginecologistas.

Secar as partes íntimas com secador: para que serve?

Antigamente, as consultas ginecológicas não eram tão comuns como atualmente, por isso, as mulheres costumavam trocar dicas uma com as outras para cuidar melhor de sua região íntima. Diversas dessas práticas começaram a fazer parte da ginecologia medicinal natural de cuidados femininos.

Porém, ao que parece, a prática não passa de uma moda vinda da internet, como diz o ginecologista Humberto Tindó, do hospital Quinta D’Or.

“Não existe evidência científica que comprove a eficiência dessas práticas ancestrais, mas de algum modo elas mostravam resultados positivos”, explicou ele.

Entre essas práticas que são divididas entre as mulheres, são diversas que usam o secador de cabelo na genitália depois do banho para garantir que a região íntima fique totalmente seca e, sendo assim, é possível diminuir os ricos de micoses vaginais como a candidíase.

O especialista em saúde da mulher afirma que o secador é ótimo contra fungos e micoses porque desidrata e seca a mucosa da vulva, o que acaba impedindo a proliferação de fungos, que gostam de ficar em ambientes úmidos para se proliferar.

“O secador de cabelo pode ser usado para diminuir essa condição, porém é necessário ter muito cuidado para não queimar a pele da região íntima”, aconselha o especialista.

No entanto, ele afirma que usar o secador não é o suficiente para combater as infecções fúngicas.

De acordo com o ginecologista, muitas mulheres que enfrentam a candidíase por diversas vezes estão passando por um desequilíbrio na flora vaginal, o que acaba favorecendo a proliferação da quantidade de fungos.

Nesses casos, é recomendado procurar um especialista para que ele indique qual é o melhor tratamento para diminuir a incidência de infecções.

Secar demais pode causar efeito contrário?

O ginecologista recomenda outra solução caseira, que é usar duas colheres de chá de bicarbonato de sódio diluído em dois copos de água para fazer lavagens vaginais e assim cuidar da candidíase.

Porém, tanto o secador como o uso do bicarbonato de sódio devem ser utilizados com moderação para não causar ressecamento na vulva e deixar o local frágil demais. Por isso, não deve ser feito diariamente.

Além do mais, mulheres que não apresentam candidíase não precisam secar as partes íntimas com o secador de cabelo. “Só é preciso lavar corretamente e secar com uma toalha limpa”, explicou o especialista.

Back To Top